Início Desenvolvimento Social Erradicação do trabalho infantil foi abordada em audiência pública

Erradicação do trabalho infantil foi abordada em audiência pública

933

Com o tema “12 de junho, Dia Mundial contra o Trabalho Infantil” foi realizada na tarde de quarta-feira, 09/06, uma audiência pública realizada pela Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social, em parceria com o Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA), Centro de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS), a Comissão Municipal de Erradicação do Trabalho Infantil e o Conselho Tutelar.
O evento teve como foco sensibilizar toda sociedade sobre a importância da temática e da execução de ações de enfrentamento ao trabalho Infantil e contou com a participação dos seguintes parceiros engajados com a temática: Albano de Souza Tibúrcio (Secretário Municipal de Educação), Aline Rigamonte (instrutora do Senac), Carlos Alberto da Silva (Sub Tenente da Polícia Militar), Damires Rinarlly Oliveira Pinto ( Vereadora), Elvira Miriam Veloso de Melo Cosendey (Coordenadora do FECTIPA-MG), Francielly Corcini Hermes (representante da Comissão Municipal de Prevenção e Erradicação do Trabalho Infantil), Dra. Liliale Ferrarezi Fagundes (Promotora de Justiça), Magna Cupertino Carvalho (Secretária Municipal de Desenvolvimento Social), Nizia Cristina Torres Ramos ( Presidenta do CMDCA), RenataCristina Neves Vicente de Brito (Pedagoga do CREAS) e Simone do Carmo (Secretária Municipal de Governo), que representou o Prefeito Municipal, Mário Marcus Leão Dutra.
Além dos esclarecimentos sobre o tema pelas autoridades, houveram depoimentos de usuário do CREAS e da jovem aprendiz do Senac.
A palestra principal abordando o tema da audiência foi apresentada pela Sra. Elvira Mirian Veloso de Mello Cosendey que é Coordenadora do FECTIPA-MG – Fórum de Erradicação e Combate ao Trabalho Infantil e Proteção ao Adolescente.
A audiência foi transmitida pelo canal da Secretaria no youtube e teve a moderação da orientadora social do CRAS Unidade III, Lucimar Ribeiro.