Início Covid 19 LAFAIETE PERMANECE NA ONDA AMARELA E MANTÉM RESTRIÇÕES

LAFAIETE PERMANECE NA ONDA AMARELA E MANTÉM RESTRIÇÕES

1320

De acordo com análise do Comitê Extraordinário Covid-19 do Estado de Minas Gerais, com dados publicados nesta sexta-feira, 23/07, o Estado manteve o cenário favorável com a melhora nos indicadores da covid-19. Nos últimos 14 dias, houve queda de 11% na taxa de incidência da doença. Estes resultados refletem também nas macrorregiões de saúde e, desta forma, mantém a Centro-Sul, a qual pertence Conselheiro Lafaiete, na Onda Amarela no Plano Minas Consciente.
Mesmo com a manutenção na Onda Amarela e registro de queda na incidência de novos casos e da taxa de ocupação, Conselheiro Lafaiete divulga as novas medidas, que visam a liberação gradativa das atividades, com restrições, que têm por objetivo, manter sob controle a epidemia no município.
Além das normas estabelecidas anteriormente, devem ser observados os seguintes protocolos:
– Eventos públicos e privados poderão ser realizados com os seguintes critérios:
– Locais fechados: 30% de ocupação do espaço, com lotação máxima de 200 participantes;
– Locais abertos: 50% de ocupação do espaço, com lotação máxima de 300 participantes;
➡ Em ambas situações, deverá ser mantido o distanciamento padrão de 1,5 metros, além das demais medidas sanitárias.
– O horário permitido para a realização de eventos é de 07h00min as 23h00min, com duração máxima de 6 (seis) horas.
– Fica permitido o funcionamento de bares e restaurantes, no horário compreendido entre as 05h00min e 23h59min. Ressaltando que nos bares e restaurantes, permanece vedado a atendimento a pessoas que não estejam sentadas.
– Está permitido o funcionamento de academias entre 05h00min e 23h59min.
Mesmo com a progressão de onda e queda nos índices, a Secretaria de Saúde alerta que as medidas de proteção precisam ser seguidas rigorosamente, pois a pandemia ainda não acabou e as regras visam evitar uma situação de risco à saúde da população. Por isso, permanece a orientação para que todos sigam rigorosamente os protocolos sanitários e mantenham os cuidados como evitar aglomerações, fazer o uso correto de máscara, manter distanciamento e fazer a higienização constante das mãos e dos ambientes.
Confira aqui o Decreto na íntegra