Início Desenvolvimento Social Lafaiete realiza Conferência Municipal de Assistência Social

Lafaiete realiza Conferência Municipal de Assistência Social

1088

O Conselho Municipal de Assistência Social (CMAS), com apoio da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social, realizou a XII Conferência Municipal de Assistência Social que teve como tema “Direito do povo com financiamento público e participação popular”. O evento aconteceu no Centro Cultural “Narciso de Queirós”, e discutiu propostas para a política municipal, estadual e nacional de assistência social.
Participaram da Conferência 156 pessoas sendo representantes do Conselho Municipal de Assistência Social (CMAS), a presidenta, Thaíza Carla e demais conselheiros, o Prefeito Mário Marcus, a Secretária de Desenvolvimento Social, Magna Cupertino, o vereador Pedro Américo, representando o Legislativo, trabalhadores e usuários do SUAS, estudantes, servidores e conselheiros municipais e entidades socioassistenciais.
Na abertura o Prefeito Mário Marcus ressaltou a relevância da conferência que visa a definição de políticas públicas para o setor. Reafirmou seu apoio aos conselhos e à Secretaria de Desenvolvimento Social e parabenizou a equipe pelos trabalhos realizados.
Após a abertura oficial do evento foi apresentada a palestra com o tema da conferência “Direito do povo com financiamento público e participação popular”, ministrada por Leonardo Koury Martins. Leonardo Koury é Professor do Curso de Serviço Social do Centro Universitário Unihorizontes, assistente social da Prefeitura Municipal de Ribeirão das Neves. Pesquisador na área de democracia e participação popular e Coordenador da Comissão de Direitos Humanos do Conselho Regional de Serviço Social de Minas Gerais e Ex Conselheiro do CEAS-MG
Os participantes puderam participar do debate e interagir com o palestrante.
Em seguida foram formados os grupos de trabalho para a abordagem dos eixos e formulação de propostas.
Os três eixos foram:

Eixo 1 – “Os desafios para consolidação do SUAS frente aos impactos da crise financeira da União, do Estado e dos Municípios, à Emenda Constitucional nº 95, à proposta de Reforma Previdenciária e à Reforma Trabalhista” ; Eixo 2 – “A Rede de Proteção Social do SUAS e a relação com os órgãos de garantia de direito” e Eixo 3 – “Democracia participativa, controle social e protagonismo do usuário do SUAS – Nada sobre nós, sem nós”.
Anexo ao evento foi montado um estande do grupo Solidarte da economia solidária com a exposição de diversos produtos.
Finalizando o evento, foram votadas as propostas apresentadas pelos grupos e elelitos os Delegados que as defenderão na Conferência Regional da Assistência Social. Todos os presentes avaliaram o evento e receberam certificados de participação.