Início Destaque Pesquisa de Demanda para Educação à Distância nos Polos da Universidade Aberta...

Pesquisa de Demanda para Educação à Distância nos Polos da Universidade Aberta do Brasil

83

marcador_paginainicialEssa pesquisa tem por objetivo a formação de demanda para cursos superiores (graduação e especializações) na modalidade à distância, no Polo da Universidade Aberta do Brasil, em Conselheiro Lafaiete.

Educação Superior à Distância

Os cursos oferecidos são responsabilidade das universidades federais que os propõem, devendo o aluno cursar integralmente na plataforma Moodle, havendo encontros presenciais no polo para realização de atividades, provas, web conferências, apresentação de Trabalhos de Conclusão de Cursos e outros que forem agendados pelos coordenadores dos cursos.

Tanto as graduações quanto as especializações à distância são certificadas pelas Universidades e possuem o mesmo reconhecimento dos cursos presenciais.

O ingresso à graduação se dá por meio de processo seletivo específico ou contando a nota do Enem, podendo o aluno optar por qual meio concorrerá à vaga.

Todos os cursos são anunciados em editais que definem o polo que os receberá, o número de vagas e o modo de concorrência, variando entre as universidades.

 Ofertas

Atualmente o Polo de Conselheiro Lafaiete tem Acordo de Cooperação com as seguintes universidades/cursos:

UFOP – Universidade Federal de Ouro Preto / Licenciatura em Matemática, Bacharelado em Administração Pública

UFMG – Universidade Federal de Minas Gerais / Licenciatura em Geografia

UFJF –  Universidade Federal de Juiz de Fora / Licenciatura em Computação

UFF – Universidade Federal Fluminense / não tem cursos em andamento

 Avançamos nas negociações e obtivemos aprovação para que, em agosto de 2017, inicie a Pedagogia e, em 2018, a Licenciatura de Educação Física pela UFJF.

Há possibilidade de recebermos mais cursos destas e de outras universidades, caso haja demanda, para tanto, o município-sede e as cidades vizinhas devem demonstrar quais são os cursos pretendidos pela população, levando-nos a lançar um questionário público que produzirá os documentos para os pedidos de novos cursos e a continuidade de cursos já ministrados no polo.

 

[poll id=”3″]