Início Destaque Lafaiete celebra o 41º Festival de Congado, Bem Imaterial do Município

Lafaiete celebra o 41º Festival de Congado, Bem Imaterial do Município

466

Marcando o retorno dos tradicionais eventos do calendário cultural e religioso de Conselheiro Lafaiete, foi realizado no domingo, 17/07, o 41º Festival de Congado. A celebração iniciou-se às 8 horas com a chegada das guardas congadeiras na Praça Tiradentes, região central da cidade.
Durante todo o dia a Praça Tiradentes foi o espaço dedicado à apresentação das bandas que trouxeram suas cores, seus cantos, traduzindo desta forma, a fé que canta e dança. O evento contou com a participação das guardas de Lafaiete pertencentes a Irmandade Nossa Senhora do Rosário e de grupos visitantes, que encheram as ruas de fé e dança.
O festival realizado pela Prefeitura de Conselheiro Lafaiete, por meio da Secretaria Municipal de Cultura, em parceria com a Irmandade dos Congadeiros de Nossa Senhora do Rosário, recebeu neste ano dezoito bandas, com cerca de 1100 dançantes. As bandas receberam troféus de participação, entregues aos capitães pelo Secretário de Cultura Geraldo Lafayette e a Secretária de Governo Simone do Carmo, representando o Executivo Municipal. Foram agraciados também, com uma medalha, o congadeiro mais velho e o congadeiro mais novo de cada banda, presentes no desfile.
A celebração foi encerrada com uma procissão que reuniu todas as guardas participantes, que em gratidão e fé, rezaram um terço à Nossa Senhora do Rosário.
De acordo com o Secretário de Cultura Geraldo Lafayette, o Festival de Congado de Lafaiete faz parte do calendário oficial de eventos do município e é reconhecido pelo IEPHA como Bem Imaterial. Ele comemora a volta do festival que, após dois anos consecutivos de interrupção, devido à pandemia, voltou a ser realizado. “O festival tem grande importância como manifestação cultural e religiosa e poder retornar à praça representa uma grande satisfação a todos, congadeiros, a administração municipal e público, que mais uma vez prestigiou o festival de forma expressiva”.