Secretaria de Cultura promove espetáculo infantil gratuito

1244
0

Em parceria com a Prefeitura de Lafaiete, através da Secretaria Municipal de Cultura, a AM Produções Artísticas apresenta o espetáculo infantil “A Semente”, gratuitamente, nos dias 12, 13 e 14 de maio no Teatro Municipal Placidina de Queiroz, em Conselheiro Lafaiete. As sessões dos dias 12 e 13 são gratuitas para alunos de escolas da rede de ensino, às 9 e 14 horas. Dia 14 de maio é aberto ao público geral, com sessões às 15 e 17 horas.
Para garantir a entrada gratuita, basta retirar os ingressos a partir do dia 10 de maio na Secretaria de Cultura, no Solar Barão de Suaçuí, ou n o Museu Antônio Perdigão, entre 9 e 17 horas (podem ser retirados dois ingressos por CPF).
A peça conta a história de seis bichos do Cerrado que, preocupados com a ação predatória do homem, se reúnem em assembleia para decidir o que fazer para conscientizar o ser humano e transformar essa realidade.
Onça-pintada, Arara azul, Bicho-preguiça, Anta, Tamanduá e Lobo-guará discutem sobre a caça predatória, o envenenamento dos rios e o lixo, que traz mais um perigo, a dengue. Nessa assembleia dos bichos eles decidem que o melhor é ir para a cidade tentar convencer o ser humano de que ele também está inserido na natureza.
A Semente é um espetáculo infantil, com explosão de cores, música e animais encantadores; tem linguagem acessível e lúdica. Mas também é uma reflexão para o adulto, que deve rever seu modo de vida.
A Semente faz parte do projeto Semeando Cultura, da AM Produções Artíticas, uma realização da Secretaria Especial de Cultura, Ministério do Turismo, com patrocínio da Ferro+ Mineração. O projeto visa contribuir para o desenvolvimento da consciência ambiental das crianças para a formação de cidadãos comprometidos com a conservação do planeta e o respeito ao próximo.
O espetáculo tem texto e direção de Danilo Alencar, direção geral de Alcides Miranda, coreografia de Gustavo Silvestre; no elenco estão Gardênia Matos, Emily Reis, Mundikinha, Lister Araújo e Helter Costa. Cenografia de Roberto Rodrigues, figurino de Leleco Diaz e produção executiva de Bruno Miranda.